HOMO POST PANDEMICUS


Diante de desafios gigantescos, como ora apresentados pela COVID19, urge o realinhamento de nossa potência sensível e criativa aos imperativos ditados pela pandemia em curso, compromisso abraçado pelo Programa de Pós-graduação em História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia, ainda mais especialmente significativo aos 100 anos da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Compartilhamos com o público, nesta décima terceira edição do congresso anual Scientiarum Historia, nossa experiência em promover a formação e o funcionamento criativo de redes inter/trans epistêmicas (ou inter/transdisciplinares). O discernimento e/ou a concepção de esquemas inovadores de conhecimento, capazes de impulsionar a eficácia de nossas ações, são elementos axiais à formulação de soluções para os desafios técnicos de reorganização dos estruturantes sociais, em muito amplificados pela pandemia.

As frentes de pressão emocionais afetivas às quais estamos todos e cada um de nós, nossas instituições, nossos tradicionais esquemas de mundo, submetidos neste momento desafiante, doloroso, por que passam o país e a humanidade, são colossais. O afeto, numa ampla acepção do termo envolvendo estética, ética, subjetividade, é a "ponta solta", e o fio condutor de nosso evento. É também, e fundamentalmente, nossa âncora de reaprumo da condição humana do conhecimento, em defesa da vida em todas as suas manifestações, e do planeta como matriz fundante de nossa humanidade.

A busca que empreendemos nesta frente de realização é por espaço dialógico inter/transdisciplinar, capaz de inspirar com potência não somente a ciência em suas múltiplas formas, mas também nossas ações junto à sociedade, para além da universidade. As sessões do Scientiarum Historia XIII estão desenhadas de forma a abrir espaços de escuta, fala, flexão e reflexão, favorecendo a humanização dos campos de conhecimento, tão central e tão urgente para o melhor atravessamento da presente pandemia e suas consequências sistêmicas.

Os congressistas são desafiados à problematização de suas pesquisas em germinação (alguns) ou em curso (outros) de maneira a desdobrá-las em sua potência de pensamento inquiridor a partir de costuras nucleares afetivas, numa perspectiva não hierarquizada e universal.

Esta edição do Scientiarum Historia acontecerá remotamente. Distribuída ao longo da segunda semana de dezembro, nela os participantes contarão com frentes de atividades variadas, compartilhadas como sessões de apresentação e discussão de pesquisa, cafés, galerias, bate-papos, conduzidas por diferentes dinâmicas que procuram prover modos plurais de interação entre congressistas e os campos de conhecimento entrelaçados. Contaremos com atividades interseccionais sobretudo trabalhadas nas dimensões dos campos de conhecimento artístico e subjetivo, porém avançando para as demais, reunidas na sessão NOSSOS CORPOS FALAM. Realizações síncronas (salas ao vivo) serão somadas a elementos assíncronos (que podem ser visualizados a qualquer tempo), a conferir.

Nossas mesas redondas este ano tomam a forma de PAINÉIS TEMÁTICOS. Nossas comunicações orais estão novamente incluídas nas sessões BOTEQUIM FILOSÓFICO (pós-graduandos e professores/pesquisadores) e PÔSTER DIALOGADO (estudantes do ensino médio e graduandos). Estudantes e professores estarão inscritos nestas sessões como apresentadores desde que tenham submetido os trabalhos por escrito, dentro do prazo estipulado, utilizando o template próprio disponibilizado neste sítio digital do evento.

Cada trabalho será avaliado pelo comitê científico do congresso, e, se aprovado, irá compor o volume digital Anais do Scientiarum Historia XIII. Os trabalhos que não forem aprovados para publicação nos Anais não eliminam, no entanto, a participação do congressista que assinou a pesquisa nas sessões de comunicação oral. A submissão do trabalho ao evento já garante, portanto, o direito a figurar como apresentador na sessão adequada. Os trabalhos mais amadurecidos serão posteriormente selecionados para revisão arbitrada com vias à publicação na Revista Scientiarum Historia, o periódico do Programa HCTE vinculado ao Congresso.

A missão do congresso Scientiarum Historia, neste emblemático décimo terceiro ano de sua realização, mais do que nunca, nos coloca neste lugar de ação e neste agora, catalisando o espaço multidimensional aberto pela universidade pública, e livre, à qual se impõem os desafios da maior pandemia por que passou a humanidade desde o advento da ciência moderna. O afeto nos une e nos manterá vivos como corpos de humanidade, humanidade esta capaz de compartilhar, cocriar, e coinventar seu(s) mundo(s).



O HCTE vive!

8 a 12 de dezembro de 2020
Transmissão e realização remota

Sítio eletrônico: http://revistas.hcte.ufrj.br/scientiarum
e-mail: scientiarum.historia@hcte.ufrj.br


ENDEREÇO PPGHCTE

Programa de Pós-graduação em História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia
Instituto Tércio Pacitti de Aplicações e Pesquisas Computacionais - NCE
Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Cidade Universitária - Rio de Janeiro RJ
CEP: 21.941-916